Conectar-se

Esqueci minha senha

Testando rolagens

Sab Nov 28, 2015 6:02 pm por Admin

Usem o tópico pra testar rolagens e não fazerem cagada no RPG mandando as coisas de modo errado e cagando no pau. Seus viados.

Amo vocês.

Comentários: 393

Jornal da Carmilla - Apocrypha 2.0 Abertura

Qui Out 06, 2016 11:52 pm por Carmilla

MEUS AMORES
QUERIDO DEMÔNIOS E ANJOS DO MEU HARÉM
ADIVINHA QUEM VOLTOU?!

ISSO MESMO, MAIS ALTO, MAIS ALTO!
GRITEM!
ISSO MESMO MEUS AMORES!


SOU EU, CARMILLA BARTLEY! Também conhecida como Carmilla Valenfell para alguns...

Nossa! Admito que não esperava voltar, mas é …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Evento de Encerramento

Qua Jun 22, 2016 10:21 pm por Wikipisces

Em algum lugar de Air-su-la-Lys, uma figura observava as sombras. Anos de experimentos, várias falhas e um progresso quase ínfimo resultaram naquele momento. A figura sombria rodeada de Sete Sombras começou a falar.

- Tudo ocorreu conforme planejei. Cada peça se movimentou da forma que eu previ. E agora é chegada a hora. O momento que tanto desejei.

Aquele homem caminhava, as Sete Sombras …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Jornal Matinal de Air-su-la-Lys

Sex Jun 17, 2016 1:58 pm por Wikipisces

O dia amanhece ensolarado, o frio que pairava na cidade começa a sumir.

A prefeitura informou que o design do monumento já foi decido e a construção começará em breve.

Um corpo foi encontrado enforcado na frente do shopping Diamant D'or. A polícia revelou que a vítima foi o Detetive Bourbon, muito conhecido por ser um investigador de renome. Não foram dadas informações sobre o …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Jornal Noturno de Air-su-la-Lys

Ter Jun 14, 2016 5:20 pm por Wikipisces

A temperatura caí ainda mais com a noite.

Não houve a vinculação de nenhuma grande informação.

Há relatos de uma pessoa vagando pelo canteiro de obras do Département du Nouveau Monde, as poucas testemunhas disseram que é um homem de vestias orientais e cabelo avermelhado.

Comentários: 0


Galpões abandonados de Hermelin

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo Nº/4 em Seg Nov 30, 2015 7:08 pm

A morena não entendia muito a situação, mas duas coisas essenciais estavam claras: aquilo era o começo da guerra que havia entrado e Garett corria perigo. Mesmo que seu mestre não a tenha ordenado, a serva não hesita em se lançar na frente dele, lançando rapidamente a adaga em posição defensiva.
Caso consiga, a serva irá contra-atacar a mulher.
[Bloqueio: D20 + 3]
[Ataque: D20 + 7]
[Dano: D20 + 14]
avatar
Servo Nº/4

Mensagens : 32
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
113/130  (113/130)
MP:
1570/1600  (1570/1600)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Admin em Seg Nov 30, 2015 7:08 pm

O membro 'Servo Nº/4' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 11

--------------------------------

#2 'D20' : 1

--------------------------------

#3 'D20' : 6
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Garett em Seg Nov 30, 2015 8:18 pm

Não surpreendeu-se ao ver que o inimigo foi determinado ao resistir à sua tentativa de possessão. Esboçou um sútil sorriso e inclinou a cabeça à direita, fitando o mago inimigo.
— Você é bem resistente, mas vamos ver até onde é capaz de manter-se assim. — Declarou. Suas palavras, embora provocativas, - e de certa forma intimidadoras -, transmitiam também um pouco de indiferença à Sena e sua serva. Era como se ele não tivesse realmente o objetivo de matá-los, apesar da hostilidade apresentada desde o princípio.

Possessão: D20 + 11. [25MP]
avatar
Garett

Mensagens : 54
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
155/170  (155/170)
MP:
1695/2100  (1695/2100)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Admin em Seg Nov 30, 2015 8:18 pm

O membro 'Garett' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 20
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Sena Olaf em Seg Nov 30, 2015 8:48 pm

(Denovo isso?)

Novamente ele tenta resisitir o golpe, mas não sem revidar antes, suas runas ainda se encontravam ativas.

[D20 + 12 pra resistir]
[D20 + 7 para acertar]
[D14 para dano]
avatar
Sena Olaf

Mensagens : 48
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : Da City

Ficha do personagem
HP:
145/160  (145/160)
MP:
1300/1500  (1300/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Admin em Seg Nov 30, 2015 8:48 pm

O membro 'Sena Olaf' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 9

--------------------------------

#2 'D20' : 14

--------------------------------

#3 'D14' : 3
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Garett em Seg Nov 30, 2015 9:06 pm

Sena Olaf
A primeira coisa que Garett fez ao tomar controle do corpo de Sena foi descobrir, em sua mente, qual era seu objetivo na guerra do Graal. Seu real objetivo - até então - a possuí-lo não era o de machucá-lo ou a seu servo de qualquer forma, mas de conhecer um pensamento do mestre mais íntimo que ele poderia permitir, uma vez que eram inimigos na guerra pelo Santo Graal. Notou que o rapaz não possuía real objetivo, não possuía - ou não havia definido até aquele momento - qual seria seu pedido para o Graal. Sob o julgamento de Garett, Sena não era digno de misericórdia embora também não de crueldade. Então agiu:
— Serva, eu lhe comando que vá até a praça Burnham o mais rápido que puder e utilize seu maior fantasma nobre. — Determinou, com um selo de comando.
avatar
Garett

Mensagens : 54
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
155/170  (155/170)
MP:
1695/2100  (1695/2100)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo N°/6 em Seg Nov 30, 2015 9:21 pm

Desvio da adaga, jogando meu corpo para o lado, fazendo com que a adaga passasse reto. Nesse momento, ouviu a ordem de meu mestre e notou que o outro mestre estava no chão, imóvel.

— Não me fode... Você foi controlado? — falei e, nesse momento, saí correndo em direção de Burnham.
avatar
Servo N°/6

Mensagens : 53
Data de inscrição : 21/11/2015

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)
MP:
1410/1500  (1410/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo Nº/4 em Seg Nov 30, 2015 9:40 pm

Ela observava tudo calmamente, apenas aguardando o fim e disposta a se lançar na frente de seu mestre mais uma vez, já que o último não lhe afetara muito. Sentiu-se inútil por seu último lançamento e recuperou sua adaga no chão quando a outra mulher saiu. Concluiu que isso era um efeito de sua falta de prática.
- Muito bom, Mestre. - o reconheceu com respeito, engolindo seu orgulho e esperando por novas ordens.
avatar
Servo Nº/4

Mensagens : 32
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
113/130  (113/130)
MP:
1570/1600  (1570/1600)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Sena Olaf em Seg Nov 30, 2015 9:49 pm

Aquilo tudo foi um grande absurdo, mas dois podiam jogar esse jogo.

"Pelo meu selo de comando eu ordeno!
Weiss, venha até a mim e traga sua nevasca junto a esse local!
As neves continuarão e ela consumirá a tudo."


Um comando podia até mesmo teleportar um servo se ordenado, a lógica não se aplicava ao poder de um comando."

As minhas runas eu escolhi desativar por hora.
avatar
Sena Olaf

Mensagens : 48
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : Da City

Ficha do personagem
HP:
145/160  (145/160)
MP:
1300/1500  (1300/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo N°/6 em Seg Nov 30, 2015 9:57 pm

No momento em que Sena usou seu selo de comando, apareci, ao seu lado, com toda a nevasca ativa e seus debuffs e dano sendo aplicados à todos, menos meu mestre.

— Opa, foi bem rápido, isso, não? — falei, de um jeito irônico, encarando o mestre inimigo com um olhar desafiador.

[Descrição da NP:

Fimbulvinter A+ – ▉▉▉▉ faz cair uma nevasca que atinge 3 tópicos de distância, a nevasca reduz 2 ranks de todos os atributos (tanto pra mestre quanto pra servo) de todos os inimigos (próprio mestre não incluído). Continua ativada por 5 postagens de ▉▉▉▉. (1000MP de mana para ativa-la). A nevasca, além da penalidade, dá 50 de dano no tópico invocado e 30 de dano nos dois em volta, os danos são aplicados por post. ]
avatar
Servo N°/6

Mensagens : 53
Data de inscrição : 21/11/2015

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)
MP:
1410/1500  (1410/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo Nº/4 em Seg Nov 30, 2015 10:47 pm

"Parece que estou ficando acostumada", pensou a morena consigo mesma ao apoiar a mão no ombro de seu mestre sem pensar duas vezes e cair nas sombras do galpão, que já começava a ficar iluminado com a luz da manhã. Usando seu transporte, a habilidade os transportou para o metrô do distrito. [MP: -30]
avatar
Servo Nº/4

Mensagens : 32
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
113/130  (113/130)
MP:
1570/1600  (1570/1600)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Garett em Seg Nov 30, 2015 10:48 pm

Fui consumido pelas trevas e levado com *****.
avatar
Garett

Mensagens : 54
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do personagem
HP:
155/170  (155/170)
MP:
1695/2100  (1695/2100)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo N°/6 em Seg Nov 30, 2015 10:49 pm

No momento que notou a garota desaparecendo, a marquei, para saber aonde ela iria.

— Fugindo depois de todo esse show? Que feio — falei.
avatar
Servo N°/6

Mensagens : 53
Data de inscrição : 21/11/2015

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)
MP:
1410/1500  (1410/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Sena Olaf em Seg Nov 30, 2015 11:12 pm

Os ventos gélidos do local não se cessavam, eles ainda iriam durar por mais alguns instantes.

"Isso foi extremamente desastroso, essa posição não é a mais segura no momento. Weiss, me siga!"

Digo isso enquanto corro de volta para as ruas fazendo o possível para não entrar no campo de visão dos outros servos que tinham avistado antes.
avatar
Sena Olaf

Mensagens : 48
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : Da City

Ficha do personagem
HP:
145/160  (145/160)
MP:
1300/1500  (1300/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Servo N°/6 em Seg Nov 30, 2015 11:13 pm

Segui Sena, acompanhando sua velocidade.
avatar
Servo N°/6

Mensagens : 53
Data de inscrição : 21/11/2015

Ficha do personagem
HP:
150/150  (150/150)
MP:
1410/1500  (1410/1500)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Dez 05, 2015 12:57 am

*Só podia ser brincadeira, ele não conseguia andar sem ouvir Isabella reclamando a torto e a direito, parecia ser um passatempo pessoal dela se queixar e não ficar quieta nem por um só segundo, algo que o fez de fato se irritar mais, acertando um tapa forte na bunda dela para ver se ela sossegava pelo menos por um ínfimo minuto*
-Da para calar essa boca pelo amor de Deus?!

*Ele bufava e já tinha sobre o corpo boa parte das marcas irregulares e vermelhas, e por mais que tenha batido com força, não foi algo extremo, só o suficiente para no máximo deixar a marca dos dedos ali, e agora ali, ele seguida impaciente, óbvio, pela pratica do parkour por toda a cidade, ali era um dos diversos pontos de referencia que ele tinha como abrigo, e como tal, pessoas daquela pequena sociedade poderiam reconhece-lo, já que em seu passado altruísta ele ajudava os ali necessitados com comida e bebidas convencionais como agua e suco, por mais que tudo fosse algo reaproveitado do que deveria ser desperdiçado pela Sacro Pugno com alimentação, assim sendo, lá seria um bom local para ele ficar, pois praticamente todos ali são uma comunidade unida, como uma família*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Dez 05, 2015 5:27 pm

O impacto inesperado arrancou um forte rubor de seu rosto, junto com um grito de frustração e resmungo. Indignada, mas procurando se controlar por estar cansada fisicamente e não suportando mais se envolver em tantas lutas seguidas, a maga engoliu o orgulho e se calou. O arrependimento de ter defendido ele já estava aumentando, deveria tê-lo deixado para morrer, um inimigo a menos. Mas não, teve que fraquejar. Era uma idiota.

Mas seu silêncio fez com que outra questão retornasse. Quem era aquele homem? Ela o reconhecia, tinha certeza disso, tanto a mana quanto a personalidade, os traços físicos, tudo lhe era familiar de uma forma muito estranha. Levando a mão até a cabeça para coça-la, mergulhada em questões sem respostas que só a confundiam ainda mais, ela deixou um suspiro cansado escapar.

-Ei, tem intenção de me soltar alguma hora?
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Admin em Sab Dez 05, 2015 6:45 pm

Miyamoto pôde enxergar de longe a luz das fogueiras que costumavam acender em latas de lixo para aquecerem-se à noite escapando por dentro de um dos galpões. Ao adentrar este em específico, teve uma surpresa:

Todos estavam mortos. O local que antes era um ambiente de conforto - apesar da pobreza, é claro - e união, agora estava repleto de cadáveres, órgãos e sangue. Uma gota de sangue declinou-se sobre sua testa, o que o fez erguer a cabeça reflexivamente e ver desenhada a sangue uma cruz um tanto quanto peculiar. Fixado em seu centro com uma espada no peito, o corpo de um andarilho.
Também no telhado e logo ao lado da cruz, um recado:

"A Cruz Magna manda lembranças"

Com senso básico, puderam concluir que aquilo era recente: não haviam mosquitos, insetos e o lugar não possuía o putrefato cheiro que cadáveres emitem.


avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Dez 05, 2015 7:06 pm

*O rapaz chegava ao local abrindo uma das imensas portas, ficando então parado ao ver o que estava ali dentro, e com a fala de Isabella, somente moveu o ombro e a deixou cair no chão sem cuidado nenhum, voltando o olhar para cima visualizando o recado que haviam deixado, sem duvida aquela organização era de certa forma rival da que ele fazia parte, e pelo visto, estes sabiam quem ele era, já que haviam feito aquilo com sua família de consideração*
-Todos...

*Os corpos eram destaque na cena, mulheres, crianças, idosos e homens, todos mortos sem distinção, e logo os punhos do rapaz se fechavam enquanto os olhos eram cobertos pelos cabelos, e naquele momento a chuva ganhava ainda mais força sobre si, ecoam seu som quase que ensurdecedor*

-Por que? Eles não....

*A energia escura começava a tomar o corpo e com ela os traços vermelhos se espalhavam rapidamente pelo corpo, algo que fazia os circuitos mágicos começarem a ressoar, e em um ato de raiva ele seguro a porta de aço do galpão e a arrancou com certa facilidade, a movendo e então para o lado com violência, a fazendo a batendo nas paredes as rompendo, fazendo todo o galpão ir abaixo, chegando até mesmo a bater no chão algumas vezes*

-TINHAM NADA A VER COM ISSO, SEUS DESGRAÇADOS! DESGRAÇADOS, DESGRAÇADOS, DESGRAÇADOS!!!

*A cada batida a ofensa era repetida e nesse momento já estava tudo em frangalhos, mas ele continuava batendo em uma fúria que só ia crescendo, mesclando a energia vermelha que vinha da espada com a escura que vinha do corpo, culminando em um rugido monstruoso, como se o rapaz ali não fosse mais humano e sim um demônio frenético que berrava para os céus noturnos e chuvosos, jogando a porta na mesma direção sem ligar para onde ela iria parar, e após isso os olhos se arregalaram e o corpo parou sem mais nem menos, toda a mana então desapareceu embora ele não tenha gasto nenhuma, só a expôs mesmo, e assim o olhar perdeu todo seu brilho e o rapaz caia para frente, parecia ter morrido sem mais nem menos, tendo a face virada que expunha o olhar vazio e estreito*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Dez 05, 2015 7:21 pm

Definitivamente aquela era a gota d'água. Esteve engolindo suas grosserias por ainda estar receosa quanto a relação dele com sua irmã, mas ser jogada no chão como se fosse um trapo velho que ele já havia usado o quanto queria? Não. Desta vez ele sentiria na pele sua insatisfação.

-Seu imbec--

O cenário diante de seus olhos a fez paralisar, seus músculos ficaram tensos e um enjoo crescente em sua barriga fez com que inclinasse o corpo para frente e tampasse a boca para não vomitar. Em suas missões ela já teve que matar pessoas, fazer o serviço sujo que outro fieis não eram capazes de terminar, mas jamais em sua vida ela havia se deparado com tamanha crueldade.

A reação de Miyamoto a despertou de seu torpor, ele estava incontrolável de tanta fúria, ela chegou a temer por sua vida, resolvendo ficar quieta para que não virasse um alvo. Mas quando ele finalmente parou, ao invés de se virar e dar uma explicação, o rapaz caiu no chão, como se fosse um boneco de pano.

-Miyamoto? Miyamoto!

Engatinhando para poder ficar de frente com o aliado, Trinity segurou seu rosto em suas mãos e o sacudiu com força o suficiente para faze-lo despertar do transe. Ele estava acabado e ela não entendia direito o motivo. O acontecimento também a tinha chocado, mas ela não conseguia entender o motivo de tanta revolta.

-Consegue me ouvir?
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Dez 05, 2015 7:58 pm

*O rapaz se mantinha ali, pela respiração fraca que ele tinha dava para se supor que ele ainda estava com vida, o unico problema é que ele estava desacordado, e dessa forma, ele se mantinha agora em seu interior, parecia estar caido de face para cima em um jardim, o céu estava lindo e azul, a grama baixa era iluminada pelo sol, e ali ele se sentia extremamente calmo*
-Onde estou?...
-Alguns chamam de subconsciente, outros de amago, bem, não sou bom com essas coisas complicadas.
*O rapaz se levantou devagar e voltou o olhar para trás, visualizando o homem armadurado sentado no topo de uma colina, esse que era seu espirito heroico, e o vendo o mago ficou um tanto quanto em duvida*
-Masanori-san? O que você...
-Faz aqui? Bem, antes de saber disso, só saiba de algo...
-O que?

*Masanori se aproximava de Miyamoto e proximo a ele o tocava no ombro com a mão livre da lança que tinha consigo, mantendo o sorriso fino até simplesmente acertar uma cabeçada no Mago que caia para trás no momento seguinte*
-Ai!
-VOCÊ É RETARDADO!? NUNCA SE USA TANTO PODER DE UMA SÓ VEZ ASSIM!
-Hã, como assim?!
-Como assim?? Você queria usar o Ex, não queria?!
-Anno...
-Não usou por que teve receio de perder todo o controle e matar aquela sua coleguinha de infancia, certo?
-Aham...
-Você só teria chance naquela batalha usando o Ex seu animal!
-Mas usando ele...
-Cala a boca, sua voz já ta me irritando!
-Desculpa...
-De qualquer forma, na próxima vez você usa, e outra, não use a Misutikkupuraido.
-Por que?...
-Por que ela é um desperdício se você usa o Ex! A Muramasa só cura quando é ela que acerta, para de ser burro!
-Desculpa...
-Tsc... Bem, temos problemas maiores agora.
-Hm?
-Você não desfez a invocação da Muramasa, então ela vai se manter ativa por um tempo, isso significa que mesmo que alguém toque nela sem querer, vai ser afetada por tal.
-Ela não ta no Ex, então não tem problema...
-Mesmo assim, afinal, não está estranhando?
-O que?
-Você por algum acaso, se lembra da lenda da Muramasa?

*O servo estava mais sério e com o dito o mago acabou arregalando os olhos, cessando o ato e então esfregando a mão na testa desviando o olhar, e no exterior, o rapaz se mantinha ali caído pegando chuva enquanto sua espada continuava ali presente*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Dez 05, 2015 8:17 pm

-Merda. Eu tenho cara de babá? No mundo as pessoas não são tão gentis!

Enquanto resmungava, ela apoiou o rosto do rapaz em seu ombro e abraçou seu corpo, usando toda sua força para conseguir se erguer junto do rapaz. Trinity não era a mais atlética, só o suficiente para conseguir escapar em caso de sua mana esgotar, mas carregar um homem daquele porte era demais, seus músculos já pediam por misericórdia.

-Puta que pariu, o que você come? Parecia um menino tão frouxo!

Ao reparar que teve uma pequena lembrança de Miyamoto, ela parou por um segundo para encarar seu corpo desmaiado. Quando voltou a puxa-lo para um lugar coberto, desta vez resmungando bem menos, ela já estava completamente encharcada. O desgosto pela situação estava estampado em seu rosto, mas encarar o mago deitado no chão e desacordado a deixou um pouco mais compreensiva. Ela retirou sua capa, que agora estava tão encharcada quanto si própria, junto com seus sapatos, usando a roupa como travesseiro para ele. Satisfeita com seu trabalho ela voltou seu olhar para onde se encontrava a enorme arma estirada no chão.

-Certo, agora lá vamos nós pegar aquele trambolho! Ah. Merda. Esqueci minha jaqueta naquele maldito hotel.

Retornando a resmungar em alto e bom tom, Trinity arregaçou as mangas de sua blusa e se agachou ao lado da espada, avaliando o seu peso.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Dez 05, 2015 9:01 pm

*A espada era de fato bem pesada, isso sendo visível pelo seu porte ao qual normalmente é acompanhado do uso a cavalo, sendo então normalmente empunhada com duas mãos e muita tecnica quando não acompanhado da montaria, logo, mesmo que ela pudesse levantar, seria algo bem complicado para ela, essa que caso tocasse a lamina poderia sentir algo em seu interior, como se a raiva dentro de si perante algo ou alguém simplesmente brotasse, trazendo lembranças que incentivam tal emoção. Miyamoto se mantinha ali desmaiado tendo sua conversa em seu interior*
-O ferreiro Senji Muramasa criou a espada depositando parte de sua alma nela, isso a fez ter alma e vontade proprios, estimulando seus usuários a saciar sua sede de sangue.
-Exatamente, isso significa que mesmo que seja algo absurdo, você invocou dois espíritos, eu estou aqui por que a Muramasa tomou conta do meu, e eu não me importo, portanto que ela obtenha o que eu desejo eu não vejo problema nenhum, mas no seu caso...
-Existe chance dela fazer comigo o que fez com você, não é?
-Sim, no meu caso eu fico aqui como lancer e ela como berserker, mas... Ela se sobressaiu sobre mim, então por isso eu fico aqui enfurnado, e você chegou até aqui por que desmaiou com ela em posse, sua sorte é que não sacou, se não agora estaria retalhando pessoas sem distinção.
-Então... Como eu faço para me controlar?
-Não a como.
-Tem que ter um jeito!
-Não existe jeito.
-Eu irei provar que existe!
-Garoto, não seja idiota!
-Eu irei te provar, custe o que custar!
-Até a vida daquelas duas garotas?

*Miyamoto ficou em silencio sentado naquele gramado enquanto Masanori mantinha seus braços cruzados o olhando de forma severa, e lentamente o mago se levantava, olhando para seu servo da mesma forma ao qual era encarado*
-Não, pois o que farei será para proteger as duas.
-Você vai ter que enfrenta-la cedo ou tarde.
-Não, pois ambos queremos o graal para o senhor John.
-Será?
-Hm?
-Aquela garota parece carregar uma bagagem diferente da sua, os ideais dela podem não ser o mesmo de vocês.
-Claro que é, a Isa nunca faria mal uso do Graal.
-Você carrega muita convicção em suas palavras, não deixe lembranças de tempos de criança o fazerem não perceber que eventualmente, ela pode te esfaquear pelas costas, então é melhor você fazer isso antes.
-Sei que você é assim por ter sido traído antes de morrer, mas se for para trair alguém, que seja outra pessoa, eu nunca farei isso com a Isa, a irmã dela nunca me perdoaria e eu também não, somos amigos e isso não vai mudar.
-Quando pessoas são expostas ao poder, pouco importa o laço que tiveram juntos.
-Eis mais uma prova que te darei, seguirei a protegendo até o fim.
-Sua morte é minha morte, porém, você é meu mestre, e se sua vontade é proteger essa garota, eu farei quando tiver chance, porém, Muramasa não se importa com isso.
-Então irei doma-la usando meu poder como mestre.

*O rapaz expunha seus selos de comando para seu servo, esse que então sorria como se não estivesse acreditando no que via e ouvia*

-Pois bem, mas só poderá fazer isso duas vezes, e com quem será?
-Aquele outro Berserker, agora sobre o segundo... Bem, depende do momento!
-Entendo, de qualquer forma...

*Masanori então girava sua lança e entrava em postura de combate, algo que fez Miyamoto se assustar um pouco*
-Que foi garoto? Acha que irei deixa-lo fazer isso sem estar pronto? Iremos treinar aqui e agora! Afinal, aqui dentro não existe cansaço!
-Mas e nosso corpo lá fora?
-Ele vai ficar bem, isso aqui é praticamente um sonho.
-Se é um sonho...

*O rapaz então invocou a Muramasa que se mantinha em torno de seu torno, a sacando da bainha com ela não revelando nenhuma habilidade*
-Boa, agora venha!
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Dez 05, 2015 9:58 pm

Cansada e querendo se abrigar da chuva o quanto antes, Trinity segurou firmemente o cabo da espada para tentar ergue-la, mas nem foi preciso fazer força e seus joelhos já estavam indo de encontro ao chão. Seus olhos ainda fitavam a espada, mas ela via uma cena muito além daquela.

Sua irmã estava na sua frente, ainda com um corpo de uma jovem com 15 anos. Os mesmo olhos rubros. As mesmas madeixas negras e volumosas. Eram como ver num espelho o seu reflexo mais jovem. Quando era pequena essa sensação era algo natural, não a incomodava como naquele momento. Talvez não fosse somente a presença de sua irmã, mas sim o sangue que manchava o delicado vestido branco, o sangue corrompia o branco puro, espalhando-se com velocidade até ensopa-la.

"Você fez isso comigo Izzy. Você me deixou para morrer como um carneiro sendo sacrificado."

O grito de horror ficou preso em sua garganta, ela estava desesperada para dizer o quanto sentia pelo ocorrido, que a amava mais que tudo. Mas ao piscar os olhos as figuras em sua frente eram a dos homens que a estupraram e mataram. Toda a raiva e rancor que guardava dentro de si foram liberados de uma vez, fazendo seu sangue ferver de um jeito que pensou nunca mais ser possível depois de ter descoberto sua afinidade com o gelo.

De alguma forma, ela conseguiu controlar seus pensamentos e soltar a espada, que se encontrava do mesmo jeito. Sentando-se no chão e aproveitando a chuva forte, ela se permitiu chorar. Gritou de frustração e deixou que a água lavasse suas lagrimas. Seu objetivo estava claro mais uma vez. Aquilo só podia ser um sinal.

Limpando o rosto e se levantando, ela deixou a espada onde estava e seguiu para o lado de Miyamoto. Ela encarou o rapaz por alguns segundos antes de sentar no chão um pouco longe dele, quando acordasse queria ter certeza de que ele não veria seu rosto inchado. Depois daquela noite ela não perderia mais seu objetivo de vista. Por ninguém.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Galpões abandonados de Hermelin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum