Conectar-se

Esqueci minha senha

Testando rolagens

Sab Nov 28, 2015 6:02 pm por Admin

Usem o tópico pra testar rolagens e não fazerem cagada no RPG mandando as coisas de modo errado e cagando no pau. Seus viados.

Amo vocês.

Comentários: 393

Jornal da Carmilla - Apocrypha 2.0 Abertura

Qui Out 06, 2016 11:52 pm por Carmilla

MEUS AMORES
QUERIDO DEMÔNIOS E ANJOS DO MEU HARÉM
ADIVINHA QUEM VOLTOU?!

ISSO MESMO, MAIS ALTO, MAIS ALTO!
GRITEM!
ISSO MESMO MEUS AMORES!


SOU EU, CARMILLA BARTLEY! Também conhecida como Carmilla Valenfell para alguns...

Nossa! Admito que não esperava voltar, mas é …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Evento de Encerramento

Qua Jun 22, 2016 10:21 pm por Wikipisces

Em algum lugar de Air-su-la-Lys, uma figura observava as sombras. Anos de experimentos, várias falhas e um progresso quase ínfimo resultaram naquele momento. A figura sombria rodeada de Sete Sombras começou a falar.

- Tudo ocorreu conforme planejei. Cada peça se movimentou da forma que eu previ. E agora é chegada a hora. O momento que tanto desejei.

Aquele homem caminhava, as Sete Sombras …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Jornal Matinal de Air-su-la-Lys

Sex Jun 17, 2016 1:58 pm por Wikipisces

O dia amanhece ensolarado, o frio que pairava na cidade começa a sumir.

A prefeitura informou que o design do monumento já foi decido e a construção começará em breve.

Um corpo foi encontrado enforcado na frente do shopping Diamant D'or. A polícia revelou que a vítima foi o Detetive Bourbon, muito conhecido por ser um investigador de renome. Não foram dadas informações sobre o …

[ Leitura completa ]

Comentários: 0

Jornal Noturno de Air-su-la-Lys

Ter Jun 14, 2016 5:20 pm por Wikipisces

A temperatura caí ainda mais com a noite.

Não houve a vinculação de nenhuma grande informação.

Há relatos de uma pessoa vagando pelo canteiro de obras do Département du Nouveau Monde, as poucas testemunhas disseram que é um homem de vestias orientais e cabelo avermelhado.

Comentários: 0


Sede dos Sacropugno

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Sede dos Sacropugno

Mensagem por Admin em Dom Nov 22, 2015 9:36 pm

A organização católica "Sacropugno" localiza-se no bairro de Hermelin, nas proximidades da Igreja local. O lugar apresenta um amplo exterior, que possui jardins e campos gramados entorno das instalações. Há um salão enorme dentro do território do orfanato, sendo este lugar perfeito para variados tipos de treinamento em combate físico, seguindo o ideal altruísta de John Ritter. Ao lado do salão, há o prédio que serve de moradia para os membros da organização. Esse edifício possui quatro andares distintos, e nele localizam-se dormitórios, um refeitório, biblioteca e outras mais instalações necessárias.

Por ser um ambiente reservado a atividades secretas, foi construído com o intuito de assimilar-se a uma comum escola, de modo que não chame a atenção da população a respeito do local. O salão de treinamento transmite a ideia de uma quadra isolada.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Nov 28, 2015 6:12 pm

*Após ser adotado por John Ritter aos 6 anos de idade, Miyamoto já demonstrava ter certas habilidades com o manipular das chamas, isso que além de rende-lo um novo nome, acabou por abrir uma porta que dava acesso a futura batalha santa que estava próxima de ocorrer, essa que teria seu desenrolar daqui a poucos anos. No dia finalmente destinado, ele foi convocado junto a uma garota que assim como ele tinha um nome próprio ali dentro, esta sendo Trinity, todavia, ambos foram separados para invocarem seus servos, devido os rituais serem distintos tal como a regra de manter sigilo mesmo para aliados se mantém forte, logo, um não saberia do servo do outro, embora que pertencendo a mesma organização, deveriam lutar em dupla*
*-Depois de 11 anos, eu finalmente poderei retribuir o favor do senhor John.-*

*O rapaz pensava enquanto caminhava e embora seja novo, parecia mais velho, algo por volta de 20 e poucos anos, seu porte físico também era bem formado devido seus treinamentos com espada somado ao parkour, esse que seguia os membros da Igreja até a sala separada onde o ritual ocorreria, e ali ele pode então expor seu item que até então estava por meio de diversas faixas, sendo tal uma kanabo bastante velha e empoeirada, parecia que de fato não serviria para nada além da invocação, esta que ao ser realizada tomou uma boa parte de minutos, para que enfim o servo fosse invocado, ou quase*
-Hm? Deu errado? Não vejo nada, mas...

*O Mago encarou as costas de sua mão e viu os sinais mágicos rubros ali, algo que confirmou que a invocação foi um sucesso, logo, a duvida ficou bem explicita em si, algo que o fez erguer o cenho em sinal de confusão*
-O que está...

*Antes de terminar a frase o olhar se arregalava e o corpo reagia, parecia que dentro de si havia ocorrido alguma espécie de ressonância que causou um intenso desconforto na cabeça, algo que o fez cair de joelhos e manter ambos os palmos sobre o local dolorido e pela expressão do mesmo, era algo beirando ao insuportável*
-Argh...

*Os dentes serravam e os olhos fechavam fortemente, estava difícil aguentar aquela imensa dor, essa que era acompanhada da aura escura que cobria todo o corpo do rapaz quase que o escondendo totalmente, esse que tombou o torso para trás e berrou escandalosamente, deixando toda sua aflição ficar ainda mais explicita, liberando maior quantidade daquela força escura que o cobria, essa que "explodia" ali e deixava todo o cenário coberto por ela, e ali no meio da névoa densa e enegrecida, só se podia ver alguns traços vermelhos acompanhados irregulares em um semblante escuro que possui o olhar rubro e intenso, e em seguida, o som estranho semelhante a um monstro a espreita era emitido, mesmo que razoavelmente baixo*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Narrador em Sab Nov 28, 2015 7:33 pm

Os homens velhos ao redor já tinham começado a se preparar para restringir e analisar o servo antes mesmo do ritual, porém, assim que o ritual terminou, ficaram um tanto quanto... chocados.

Um dos homens velhos esticou o braço em direção ao rapaz e o restringiu, enquanto que outro, também esticou o braço em direção a ele, porém, dessa vez era para analisar as informações.

Confuso, o homem abaixou o braço, e disse algo um tanto quanto improvável:

-Você teve a sorte, ou talvez o azar, de ter invocado um servo interior.

O homem não sabia se ele estava escutando ou não, mas, continuou a falar.

-Um servo interior é um servo que reside no corpo do seu mestre, e o incorpora, mesclando as personalidades, a mana, e a própria mente. A classe do seu servo é ██████, e o nome é ██████. Que você vença a guerra por nós!

O homem finalizou com uma voz entusiasmada, fez um sinal da cruz em direção ao rapaz, e começou a rezar por seu bem-estar.
avatar
Narrador

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Nov 28, 2015 8:02 pm

*O rapaz era contido pela magia do senhor ali presente, ao menos até o fim do dialogo, esse que enquanto desenrolado permitia ao ajoelhado pegar a kanabo, essa que estava oculta naquele breu, sendo então um ato "invisível" ao homens ali presentes, e com o termino da fala deste junto a seu sinal de reza, seu corpo era então atingido de surpresa pela arma, sendo possível escutar os ossos rompendo enquanto o corpo atravessava a névoa escura e acertava a parede provavelmente sem vida*

-Servo interior? Obrigado pela informação, porém...


*A fumaça negra ia baixando e com ela o corpo do pseudo-servo ia se mostrando, esse parecia estar de fato normal, não havia nenhuma anomalia física, porém, sua personalidade normalmente boa e dócil, essa ao qual é conhecida por todos ali devido Miyamoto seguir os passos de seu Herói [John Ritter] sempre agindo de forma altruísta, procurando ajudar a todos mesmo que as vezes acabasse sendo punido por quebrar uma ou duas regras, todavia, agora a face estava o contrário, exalava certo sadismo no olhar e no sorriso sutilmente aberto, e encarando os dois sobreviventes com a arma manchada de sangue, o comentário cínico escapava*

-Eu ativei minha habilidade sem querer, algum de vocês gostaria de repor meu gasto?


*O olhar até então se mantinha sobre o ombro e logo o mago ficou de frente para os outros dois, afinando o sorriso e estreitando o olhar rubro, mantendo a postura ligeiramente amedrontadora perante os demais*

-Não que vocês tenham escolha, mas perguntar nunca é demais.


*Ele poderia muito bem se livrar dos outros dois, pois sendo um espaço para invocação, a area era restrita e impedia ruídos de irem afora, logo, ninguém ouviria pedidos de socorro ou gritos a não ser este, todavia, a suposta necessidade de ver o medo e até mesmo suplica daqueles ali presentes era algo que tal realmente queria ver, afinal, não basta só matar, é preciso um pequeno processo para se ter acesso a mana, e por serem dois, ele já começava a pensar no que fazer, esperando as reações simplesmente por diversão em ver os ratinhos tentando sobreviver a um ataque de um predador muito maior*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Narrador em Sab Nov 28, 2015 8:21 pm

Um dos velhos deixou a bíblia cair no chão, e imediatamente se ajoelhou, não entendendo o por que de ele estar fazendo aquilo.

-M-Miyamoto!! O q-que você pensa que está fazendo?! Você m-matou seus irmãos!

O velho falava em tom de súplica, chegando a suar frio, temendo pela própria vida. Se tinha sido como o analisador realmente achava que era, então... teria sérios problemas.

O outro velho, saiu correndo pela porta dos fundos, gritando de medo.
avatar
Narrador

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Nov 28, 2015 8:54 pm

*Enquanto o desespero começava a surgir, Miyamoto seguia até aquele que deixou a bíblia cair, o segurando pela face com certa brutalidade, começando a toma-lo a mana*
-Irmãos?

*O sorriso se abriu e ele ergueu, sim, ergueu o venho e o jogou no outro com muita força, a ponto de um cair sobre o outro impedindo a fuga, levando então a kanabo até o ombro, deixando ela ali encostada enquanto seguia até os dois velhotes caídos*
-Você acha que eu os considero minha família... Meus irmãos?

*A face se erguia e o rapaz gargalhava avidamente, parecia que tinha ouvido a melhor piada do mundo, e já próximo a dupla, levou a arma ao chão, rompendo parte dele enquanto se abaixava frente os mesmos, tendo foco na expressão amedrontada de ambos, sorrindo de forma fina e mantendo o olhar penetrante e sádico*
-Família não foge da outra, vocês me magoaram profundamente.

*A arma então foi solta e se mantinha erguida devido estar encravada, liberando as duas mãos para segurar a cabeça dos dois e então começar a drenagem completa da mana de ambos, um processo bastante dolorido devido a forma forçada ao qual era feito, contando também o fato dele apertar tanto os crânios que no final do ato ambos iriam quebrar, e os soltando, o pseudo-servant se erguia perante os dois cadáveres e olhava para as próprias mãos, novamente rindo, só que de forma mais sutil*
-Essa força, todo esse poder...

*Os punhos serravam e o sorriso se abria ainda mais, e a seguir ele pegou sua arma e a deixou sobre o ombro de novo, caminhando para sair do lugar deixando os mortos ali sem nenhum tipo de remorso, chutando a porta de madeira ao qual praticamente estourou com o golpe, abrindo passagem para o outro que dali saia rindo*

-Eu posso tudo.
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Narrador em Sab Nov 28, 2015 9:02 pm

Os velhos, nada responderam. Apenas olhavam desesperados e com muito medo para o rapaz. De alguma forma, não só sabiam que falar não adiantaria nada, como também não podiam falar. Com toda a mana de seus corpos sendo sugada, eventualmente, os dois acabaram morrendo, porém, não foram mortes nada bonitas. Suas cabeças estavam com marcas de dedos, e em seus rostos, estava marcada a expressão do terror e do medo.
avatar
Narrador

Mensagens : 29
Data de inscrição : 16/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Nov 28, 2015 9:04 pm

"Você odeia a igreja a ponto de ir contra toda sua crença?"

Ela nunca respondeu diretamente, mas essa pergunta martelou em sua cabeça com quatro longos anos. Izabella foi treinada a vida toda para ser a melhor maga e mesmo depois de abandonar a igreja, ela prosseguiu com seu treinamento na Sacro. No final ela não podia quebrar as correntes que a prendiam no passado, ao menos não ainda. Enquanto era guiada para a sala onde realizaria o próprio ritual, ela pensava naquela pergunta que provavelmente nunca responderia em voz alta. Isso porque a pena negra ensanguentada em suas mãos já respondia indiretamente.

- Afastem-se.

Sua arrogância sempre extraia olhares de desprezo em sua direção, mas somente isso, pois ninguém teria coragem de enfrentar sua habilidade com gelo somado a seu temperamento difícil. Enquanto recitava o feitiço, as sombras da sala pareciam ficar palpáveis junto de uma luz vermelha, qual ela podia jurar que tornou o ambiente mais quente. Gradualmente o local tornou-se um verdadeiro forno, fazendo com que ela caísse no chão de joelhos logo após seu fim.

- Deu... certo?

Pela primeira vez em anos ela sentiu uma mistura de ansiedade e medo, características que ela suprimia com sucesso.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Servo N°/5 em Sab Nov 28, 2015 9:46 pm

Me sentia extremamente estranho, uma sensação abominável, lentamente fui me levantando do chão, abrindo minhas asas, precisava senti-las novamente, abri meus olhos e passei a me observar, ponho minha mão em meu rosto. Estico meus braços e meu corpo, abrindo e fechando minhas mãos, sentindo-as novamente, paro o que fazia e passo a observar o local onde me encontrava, uma forma prendeu minha atenção, uma garota humana que estava ajoelhada em minha frente, de alguma forma eu queria possui-la, faze-la gritar durante horas e horas, algo dentro de mim queria rasgar o corpo dela e ver suas entranhas, mas algo me impedia de fazer isso.

- Uh?! - Passo a caminhar em direção a essa garota, enquanto uma pergunta martelava em minha mente, isso estava já a me incomodar, assim que chego na garota, me abaixo tentando ficar de sua altura, mas ainda assim estava bem maior que ela, levo minha mão direita até seu rosto e o acaricio, descendo minha mão até seu queixo e o levantando para ela me fitar, em seguida sussurro. - Você odeia a igreja a ponto de ir contra toda sua crença?- Desço minha mão até seu pescoço e o aperto levemente, segurando-a, me levanto e a coloco de pé ainda apertando seu pescoço, fito-a dentro de seus olhos e falo, revelando minha verdadeira voz.- Você tem ideia de quem eu sou garota? Se sim, eu devo imaginar que você odeia a essa igreja e a esse mundo de toda a sua alma. Sabes também que seu corpo e sua alma serão meus, apenas meus. - Solto o pescoço da garota, pois notei que o apertava com um pouco demais de força, olho ao redor e vejo algumas pessoas. - Além de tudo ainda teve a ousadia de me invocar dentro de uma igreja? Com malditas pessoas que se dizem santas? - Viro-me para a garota e a encaro.
avatar
Servo N°/5

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
HP:
105/150  (105/150)
MP:
1350/2300  (1350/2300)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Sab Nov 28, 2015 10:21 pm

*Caminhando pelo local o rapaz consegue sentir a presença de outro servo recém-invocado, voltando o olhar na direção de tal local, sorrindo de forma fina já vendo a oportunidade de conseguir diminuir a concorrência, afinal, com uma invocação recente o mestre e servo estariam se conhecendo, se adaptando, um combate prematuro seria no mínimo desastroso*
-Ora, ora, parece que a Trinity conseguiu, então é só ir e... Não... Não...

*Os passos seguiam e ele falava sozinho como se fosse algo normal, tamanha era sua insanidade naquele momento, este que então cessou seus passos e levou a mão ao rosto, abrindo o sorriso e arregalando os olhos*
*-Tendo um servo dentro de mim, eu terei desvantagem contra outros servos devido meu corpo ser mais fisico que o deles, então se eu ter ela como aliada... Junto ao servo dela eu terei maior vantagem!-*

*A frase em pensamento fazia o rapaz começar a rir copiosamente como um vilão que acabou de executar perfeitamente o plano perfeito, porém, ele simplesmente parou e tomou uma expressão mais neutra, olhando pro teto de forma distante, pois a loucura era tanta que desenvolveu certa psicopatia, logo, além de sadico, o mestre se tornou alguém manipulador e mentiroso, podendo então facilmente enganar, afinal, os efeitos do encanto da loucura são diferentes em si, o tornando alguém mais violento e indo contra sua indole original, deixando o retardo mental para momentos de luta onde a situação é um pouco menos calma*
-Perfeito.

*Seguindo pelo corredor, o Mago seguiu até a outra sala ao qual era de fato distante da própria, e chegando lá, ele quis bater na porta ou arromba-la, mas cogitando o fato de fingir ser um bom garoto, ao menos tentar interpretar, acabou batendo na porta, e mesmo com o toque suave, o efeito ativo de sua arma resultou nele literalmente derrubar a porta e ver o que se passava ali dentro, só o final, visualizando então as pessoas ali e o novo servo, esse que tinha uma forma que ele desconhecida, porém, conseguia ver os padrões do mesmo, sabendo então ao menos isso*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Sab Nov 28, 2015 10:57 pm

Ser privada do pouco ar que possuía deixou Izabella tonta o suficiente para quase desmaiar. Mesmo depois de ser solta, a sensação ainda lhe impedia de se levantar, mas seu orgulho ainda a impulsionava a responder a altura.

- Suas vontades não importam aqui, a única coisa que lhe darei será o Graal, tirando isso você é meu servo agora. Sei bem quem é.

Recuperando a compostura ela se ergueu e se preparou para continuar, mas o estrondo atrás de si fez com que ela virasse o corpo e encarasse com uma expressão aborrecida o companheiro que encontrou a poucos minutos.

-Miyamoto o que diabos está fazendo aqui? Não era para seguirmos caminhos diferentes?
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Servo N°/5 em Dom Nov 29, 2015 12:35 am

Sorrio cruelmente após ouvir a garota dizer aquilo, me aproximo dela e a puxo com meu braço esquerdo pra mim prendendo seu corpo ao meu, com minha mão direita acaricio o lado esquerdo de seu rosto, passando levemente minhas unhas pontiagudas em sua bochecha. Meu sorriso só vai aumentando cada vez mais, abaixo meu rosto em direção ao pescoço da garota, sentindo o cheiro do local, vou aproximando minha boca do pescoço dela e passo a ponta de minha língua ali no local sentindo o gosto da pele da garota. Levanto meu rosto e meus olhos param no rapaz que estava na porta.

- Uhm? Quem és tu garoto? Qual seu nome? - Meus olhos fixam-se no garoto ali.- Ah, deve ser mais um dessa igreja que eu irei matar, então seu nome não importa.- Agora de cruel, passo a sorrir diabolicamente, levando minha mão direita a meu rosto, encostando a ponta de meu dedo em meu queixo.
avatar
Servo N°/5

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
HP:
105/150  (105/150)
MP:
1350/2300  (1350/2300)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Dom Nov 29, 2015 12:46 am

*A kanabo permanecia sobre o ombro e o olhar desprovido de qualquer culpa se mantinha sobre a garota que o questionava, ele que respondia primeiro com ações, no caso foi estreitando o olhar e demonstrando certo incomodo*
-Kagutsuchi.

*Ele a corrigiu já tendo em mente em explicar por que não gosta que o chamem pelo nome original, porém, presenciou a cena do servo que parecia assediar a propria mestra, algo que para si soou um tanto quanto natural, por isso não ficou irritado ou sequer demonstrou emoção perante o ato até que a ultima fala veio aos ouvidos*
-Somente o senhor John me chama por esse nome, e sério? Acha mesmo que pode matar a todos aqui? Entendo...

*A mão que empunhava a "lança" desceu quase que acertando o chão e embora o movimento fosse bastante simples, o ar comprimido com a ação revelava que ela ocultava certa força bruta bem acima do comum para um reles ser humano, e mantendo a arma baixa, o Pseudo tombava um pouco o rosto, sorrindo de forma aberta e irônica*
-Eu realmente sempre quis saber o como era arrancar as asas de um pombo, ainda mais os pretos como você.
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Dom Nov 29, 2015 1:15 am

Um calafrio desagradável subiu por sua coluna a medida que sentia o toque do servo. Procurando manter a calma, ela suspirou e fechou os olhos por alguns segundos.

- Vocês dois são um saco.

Ao abrir os olhos a temperatura da sala já estava caindo drasticamente a ponto de criar uma fina camada de gelo nas extremidades do chão. Com uma mão se livrou do servo, lhe dirigindo um olhar tão gélido quanto o ambiente.

- Você não é o Kagut. O que aconteceu com ele?

Desta vez ela olhava para seu companheiro,que depois de ter parado para notar, estava com uma postura completamente diferente do normal. Seus olhos se estreitaram, deixando transparecer um pouco de confusão. Mas não demorou para ela voltar a expressão neutra. Ela virou a cabeça para o servo, tendo que ergue-la para poder encara-lo.

- Você não faz nada além do que eu mandar. Não quero ter que repetir isso.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Servo N°/5 em Dom Nov 29, 2015 2:10 am

- Hora garota, não precisa se estressar, estou aqui apenas para lhe obedecer.- Ando um pouco para trás, fazendo com que minhas asas escondam meu corpo deixando apenas meu rosto a mostra.- Eu não sei seu nome minha mestra...-Sorrio diabolicamente e fico encarando o rapaz na porta.

Passei a apenas observar os dois, esperando o desfecho daquela história, será que os humanos são todos pequenos e frágeis daquele jeito? Ou seriam deliciosos? Será que sentiria um enorme prazer enquanto os devoraria? Claro que sentiria, seria extremamente prazeroso a sensação de ouvir seus ossos quebrando enquanto os matava, de sentir o sangue quente deles espirrando para todos os lados, seria extremamente prazeroso sentir o cheiro de morte exalando dos corpos, o rosto deles se contorcendo em agonia enquanto sentiam a dor infligida por seus golpes. Iria ajudar aquela garota a pegar o graal, queria ter seus desejos atendidos.
avatar
Servo N°/5

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
HP:
105/150  (105/150)
MP:
1350/2300  (1350/2300)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Dom Nov 29, 2015 2:23 am

*O olhar irônico se mantinha perante o servo já esperando para iniciar um conflito, obviamente o esmagando no solo quando ele viesse para cima ou simplesmente golpeando de forma lateral, pois provavelmente o outro iria desviar para trás e o salto abriria a guarda para mais ações, tudo isso sendo um pensamento brusco e instintivo devido o espírito dentro de si ser um samurai, logo, nem mesmo a loucura enferruja a capacidade de dedução do mesmo, somente a torna menos precisa*
-Como não? Claro que sou eu Isabel, o que muda é que estou mais forte.

*Tal como ela, ele sabia o real nome da mesma e propositalmente não o falou corretamente, mantendo a expressão cínica no olhar e sorriso fino, voltando a mover a arma a deixando sobre o ombro, afinal, o combate parecia que não iria ocorrer mesmo*
-E sobre o que disse mais cedo, sim, deveríamos, mas não acha que seria melhor fazermos uma dupla? Sabe, é bem mais vantajoso.

*A capacidade mental se mantinha plenamente funcional acrescentando a perversidade do encanto da loucura, esse que enquanto ativo torna o rapaz assim, bem diferente de sua índole original, embora em níveis mais altos a loucura poderá ser bem mais agressiva, todavia, como não é o caso, ele só mantém a psicopatia em seu interior, mantendo o exterior "camuflado"*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Dom Nov 29, 2015 2:37 am

Observando-o atentamente com a sobrancelha arqueada, Izabella deslizou novamente, deixando transparecer a irritação que sentia ao ouvir seu nome pronunciado errado. Naquele momento sabia que o rapaz exageradamente gentil não era o mesmo e o fato de ainda não ver seu servo, mas conseguir senti-lo, a deixou em alerta.

- Então quer ficar me seguindo para onde eu for e ficar cheirando meu rabo? Que fofo, sempre quis um cãozinho.

Seu sorriso podia ser confundido como um verdadeiro, se o rapaz não lhe conhecesse bem e soubesse de sua real intenção.

- De qualquer forma eu não tinha planos para acabar com você. E pelo visto você teve um imprevisto com seu servo, então eu te darei cobertura até que sua situação seja resolvida. No entanto, os dois devem se comportar. Da próxima vez que eu tive der separar uma briga, vou congelar o saco dos dois. E você deve me chamar de Izabella.

Fez uma pequena menção com a cabeça para se referir ao servo.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Dom Nov 29, 2015 3:04 am

*O olhar se mantinha sobre a aliada tendo o foco na mesma, e a ouvindo ele começava a desfazer toda aquela face mais "feliz", mantendo-se mais neutro e sério, algo bem comum entre os "bipolares", já que todo mundo sabe que um sádico fica sim sério, único problema é que isso é um belo problema*
-Hã?

*Era como se ele não tivesse escutado mais nada depois de certo ponto, movendo a kanabo de forma ligeiramente sutil, todavia, a força aplicada era bem alta [Ex], então bastou o movimento para a física agir, liberando uma onda cinética em forma de ar comprimido que acertaria a outra sem causar muito estrago, somente a jogaria para trás contra a parede com certa violência devido o comprimento do golpe ser razoavelmente grande, a velocidade ser um tanto quanto alta e o melhor de tudo, ser invisível a olho nu por se tratar de uma porção de vento denso que atingiria quase que de imediato e a faria voar até o outro lado da sala, uma batida que não resultaria em quebra de ossos nem nada do tipo, era mais como um susto*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Admin em Dom Nov 29, 2015 3:04 am

O membro 'Miyamoto Fukushima' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 12
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1101
Data de inscrição : 16/11/2015

Ficha do personagem
HP:
1/1  (1/1)
MP:
1/1  (1/1)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário http://fateaetherna.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Servo N°/5 em Dom Nov 29, 2015 3:17 am

Assim que vi o movimento do garoto que estava na porta, fui até a garota rapidamente e a puxei pra mim, pondo minhas asas em frente ao corpo dela para protege-la, estendo minha mão para frente e um muro de fogo se ergue[30 de mana] em frente de nós dois, protegendo a garota do golpe do rapaz.

- Eu vou lhe avisar uma unica vez, se atacar a minha mestra mais uma unica vez... não terei pena de ti.- Digo com a voz extremamente raivosa.
avatar
Servo N°/5

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
HP:
105/150  (105/150)
MP:
1350/2300  (1350/2300)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Dom Nov 29, 2015 1:26 pm

Sentindo-se um pouco atordoada, a maga bufou de frustração ao se dar conta do que aconteceu. Sua vontade era de transforma-lo em um picolé humano, mas as ordens que recebeu eram claras: Só podiam lutar após terem eliminado os demais mestres, até lá atuariam como aliados em segredo. Segurando o braço do servo e se afastando lentamente pra demonstrar que estava bem, Izabella jogou o espesso cabelo para trás e encarou seu aliado, ou assim tentaria manter por tempo limitado.

- Miyamoto, se já acabou com a sua crise de identidade, temos um dever a cumprir. Sequer tive tempo de conhecer meu servo e precisamos agir antes que outros mestres tomem nossa frente. Quer uma aliada ou uma mais inimiga?

A tensão no clima era palpável, ela podia sentir que seu servo não estava nada satisfeito com o mago, mas não poderia se expor a uma possível luta quando nem sabia as habilidades de seu servo. O que mais lhe intrigava era a postura do rapaz, ele era conhecido como um garoto gentil e prestativo, totalmente diferente dessa agressividade gratuita que demonstrava.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Miyamoto Fukushima em Dom Nov 29, 2015 2:03 pm

*O rapaz se mantinha olhando a dupla ali presente, as chamas nem sequer o fizeram estreitar o olhar, afinal, aquele cujo o nome é de um Deus voltado para o fogo não temeria as chamas que eram sua arma principal até o incidente recente, na verdade, ele as encarava com certa admiração, como se visse algo perfeito ali, talvez pessoas queimando vivas e gritando ou algo mais nobre, não dava para saber ao certo, porém, era fato de que ver o elemento o deixava mais suscetível a conversa, como se aquilo fosse uma espécie de porto seguro ou ao menos um fio de seu eu passado que aflora só com a presença daquilo, logo, ignorou a fala alheia do outro servo sem querer*
-Claro, desculpe por isso.

*Ele falava de forma bem mais passiva e agradável, dando ares de sua real personalidade, talvez de fato a presença do fogo aquietou a alma heroica frenética e esta acabou adormecendo por influencia da calma exposta, algo que é mais emocional do que lógico, como uma fera que encontra uma bela e acaba assim se acalmando de alguma forma, afinal, o encanto da loucura sobre si age de forma diferente, sendo o mestre em si algo diferente, sendo então normal o efeito ser diferenciado*

-Se apresentem como devem, mesmo tendo uma aliança, no final iremos nos enfrentar, então eu não devo saber quem é seu servo, irei esperar lá na biblioteca, acho que lá é um bom lugar para conversarmos e discutirmos nossos planos.

*Após a fala o rapaz seguia arrastando sua arma, essa que já demonstrava não ter nenhum feito mágico sobre si, era como se simplesmente tivesse sido "neutralizada" do nada, devolvendo a força original dele [Força atual do Berserker sem bonificação alguma], a movendo e então a pondo sobre o ombro novamente, saindo do local mantendo a seriedade, embora de certa forma sua magoa transparecesse em seu olhar*
*-Isso tudo...-*

*O rapaz logo tinha as lembranças de seu passado consigo naquele momento, e nelas ele era uma pequena criança que observava seu herói moldar o fogo em suas mãos, um ato sutil e bastante simpatico, mantendo as mãos juntas como se fosse pegar agua, e dentro de tal concha havia a chama que brilhava, e acompanhada dela vinha a fala do outro que explicava sobre o como as chamas funcionavam, sendo elas algo bom que aquece e protege os outros, tanto como algo ruim que queima e tira vidas, e logo a seguir Miyamoto se recordou do que fez após sua "invocação", levando a mão ao rosto*
*-Eu matei meus irmãos...-*

*A cena vinha a mente, vendo os três senhores mortos no chão, até mesmo um pouco antes, o olhar de medo deles enquanto eram trucidados, algo que fazia o rapaz serrar os dentes e sentir as lágrimas descerem, se mantendo já bem afastado de Trinity e seu servo, apoiando então as costas na parede e respirando fundo*
*-Eu posso usar todos os selos e me livrar, mas ficarei sem força para lutar... Preciso retribuir o senhor John de alguma forma, eu não posso simplesmente desistir...-*

*Ele soluçava com o choro, mas logo ia se acalmando aos poucos, "puxando" o nariz e ofegando vez ou outra, era difícil controlar a aflição de ter tirado vidas por conta própria, e mesmo não estando 100%, continuou seguindo até onde havia dito que estaria. Ele ainda se mantinha choroso mesmo que de forma mais sutil, entrando na biblioteca e nela seguiu até uma mesa proxima, se sentando e pegando um livro qualquer para matar o tempo, vez ou outra limpando as lagrimas que escorriam involuntariamente, procurando se aquietar para literalmente não passar vergonha frente a aliada*
avatar
Miyamoto Fukushima

Mensagens : 91
Data de inscrição : 23/11/2015
Localização : Distrito de Hermelin

Ficha do personagem
HP:
160/160  (160/160)
MP:
900/1000  (900/1000)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Dom Nov 29, 2015 2:24 pm

Decidida a se preocupar depois com a situação do mago, Izabella ficou de frente para o servo enquanto coçava sua cabeça, que estava em confusão. Ela ergueu o rosto para encara-lo e notou que este era enorme a ponto de quase deixar seu pescoço dolorido.

- Pois bem, vamos ao básico, não quero que o Miyamoto volte e decida criar mais confusão. Pelo visto sua memória está intacta, não falta um braço ou coisa assim, devo assumir que a invocação foi um sucesso. Segundo, você não deve interferir a menos que eu peça ou que a minha vida esteja em extremo risco, sigilo é essencial. Terceiro, você deve ser completamente leal a mim, se for contra minhas ordens eu não pensarei duas vezes antes de te eliminar, não preciso de um servo que não me escuta. Se estiver de acordo com tudo, então teremos um bom convívio e logicamente conseguiremos o Graal para realizar seu desejo, seja lá qual for.

Para se certificar, ela mostrou os selos rubros nas costas de suas mãos para o homem. Sabia que era arriscado falar daquele jeito, ainda mais quando o servo parecia não ter muito autocontrole, no entanto ela não tinha tempo a perder. Precisava vencer aquela guerra.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Servo N°/5 em Dom Nov 29, 2015 4:25 pm

Assim que o garoto saiu da sala, passei a observar a garota que me encarava, abaixo minha cabeça e passo a olha-la diretamente nos olhos, como estava mais aliviado daquela tensão, deixei um sorriso escapar ao imaginar-me fazendo aquela garota sentir dor de várias formas, de como seria belo o rosto dela banhado em lágrimas e sangue.
 
Conforme aquela garota falava minha boca ia se fechando e se contorcendo, meu rosto ia ficando cada vez mais sombrio, eu estava ficando irritado, profundamente irritado com aquela garota, quem ela era para falar daquela forma comigo? Era uma ninguém! Fui fechando meus olhos vagarosamente e minha boca ia abrindo, revelando minhas presas.

Começo a me aproximar da garota a passos lentos, ela iria se arrepender amargamente pela forma como estava a falar comigo, vou abrindo meus olhos e revelando aquele grande abismo vazio que eram eles, passo a encara-la novamente, só que agora eu estava perto dela, perigosamente perto.

- Se tua invocação não desse certo, eu não estaria aqui, não é mesmo? - Minha voz saia lenta e profunda, em um tom terrivelmente sombrio. - Você não acha que deveria tratar melhor quem vai ajudá-la a ganhar o Graal? Você nem ao menos pensou que necessita de mim para ganha-lo?! - Ponho minha mão direita no ombro direito da garota e o aperto lentamente. - Já que sou realmente tão descartável como você está fazendo parecer que sou, porque ainda não se livrou de mim? Talvez pelo fato de que precise de mim, mas ainda não admitiu isso para você mesma. - Vou passeando com minha mão, sem deixar de apertar, desde seu ombro até seu pescoço, paro alguns segundos ali. - Talvez você seja apenas uma casca fraca e frágil que se utiliza de criaturas mais fortes para lutar em seu lugar? Não, você pode ser frágil, mas fraca não é. - Aperto seu pescoço mais um pouco, pressionando meu dedão no meio dele. - Você ao menos deveria saber agradecer, coisa que não sabe. Você não sabe se manter em seu lugar. - Mantenho a forma como pegava em seu pescoço e a puxo para mim, deixando nossos olhos próximos um do outro - Você me irrita profundamente, você é um ser feito de barro que não sabe seu devido lugar. Você deveria ter mais respeito por quem já viveu bem mais que você. Você deveria me agradecer por protege-la, não chamar minha atenção, você deveria dizer obrigada e não tentar esfregar em meu rosto que você me invocou. - Meus olhos agora expressavam fúria e rancor, aquele ser havia me deixado seriamente irritado, agora minha voz saia carregada de ódio. - Você deveria saber que acima de tudo e todos, EU SOU SEU MAIOR ALIADO, EU SOU QUEM VAI FAZER VOCÊ GANHAR A GUERRA. Eu sou quem será mais leal a você durante essa guerra que você quer lutar. Deveria acima de tudo saber com quem você está realmente falando. - Solto o pescoço da garota, havia deixado uma leve marca vermelha no local. - Eu serei leal a você, e caso eu sinta que devo intervir, eu irei, não espere que eu fique olhando você apanhar igual uma retardada por conta de seu misero orgulho. - Aponto o dedo indicador para a garota, ainda olhando-a diretamente nos olhos. - Se você morrer, eu morro. Entenda isso.
avatar
Servo N°/5

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
HP:
105/150  (105/150)
MP:
1350/2300  (1350/2300)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Choi Jy Hyun em Dom Nov 29, 2015 6:08 pm

A sensação de se sentir sufocada já estava a irritando, a atitude do seu servo só contribuía para que esse sentimento crescesse. Quando conseguiu recuperar o folego, Trinity endireitou sua postura e cruzou os braços.

-Já acabou com seu teatro dramático? Se está esperando gratidão de mim, melhor se sentar e pedir aperitivos. Agora pare de estardalhaço que meu ouvido não é privada para aguentar tanta merda.

Cansada e percebendo que aquilo ia durar, ela lhe deu as costas e foi até a porta para apoiar suas costas na parede.

-Isso vai ser complicado, eu sabia que você ia dar trabalho, mas não que cansaria tanto. Se quiser me proteger, faça o que quiser, mas não cause um dano definitivo sem a minha ordem. E pare com essa pira no meu pescoço.

Ao falar, a maga passava a mão no pescoço já imaginando que não demoraria para ficar dolorido e possivelmente roxo.

-Mais uma coisa Miyamoto é nosso aliado e devemos lhe dar cobertura, ao menos até matarmos os demais mestres. Mas tome cuidado com ele.
avatar
Choi Jy Hyun

Mensagens : 170
Data de inscrição : 26/11/2015

Ficha do personagem
HP:
60/160  (60/160)
MP:
1600/1800  (1600/1800)
Vigor:
20/20  (20/20)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sede dos Sacropugno

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum